• Davi Junior

8 coisas que aprendi com histórias fantásticas que todo empreendedor deveria saber



Você já deve ter lido alguma grande saga da literatura moderna como Harry Potter e Jogos Vorazes ou algum clássico O Senhor dos Anéis ou Dom Casmurro, certo? Se não, certamente já viu algum filme de Batman ou Star Wars ou algum desenho animado como O Rei Leão ou Os Cavaleiros do Zodíaco. E se não leu ou assistiu nenhum dos exemplos anteriores, imagine alguma história que você tenha ouvido que você tenha gostado muito e use ela como referência ilustrativa para pensar no que será apresentado a seguir.

Afinal, para o curioso empreendedor que acessou essa matéria, a alegoria pouco importa para exemplificar cinco coisas que aprendi nos livros de literatura, pois todas as histórias mais clássicas e empolgantes seguem a teoria do monomito, um conceito de narratologia descrita por Joseph Campbell em seu livro O Herói das Mil Faces que se aplicam a toda jornada que toda pessoa que decide investir em um novo negócio passará até alcançar o sucesso, ou como o autor descreve: o grande elixir.

1 - Saia do mundo comum


Do mesmo jeito que Harry Potter vivia uma vida comum na Rua dos Alfeneiros nº4 até receber sua carta para Hogwarts, o empreendedor tem algum tipo de vida comum antes de começar seu negócio: seja trabalhando em uma empresa, estudando nos moldes convencionais ou mesmo fazendo trabalhos domésticos em casa.

Assim como a carta de Hogwarts vem como um chamado à uma mudança de vida para Harry, em algum momento o empreendedor tem uma ideia ou alguma oportunidade que vai mudar todo o "modus operandi" de sua vida. É a passagem do estágio Mundo Comum para o Chamado descrito por Joseph Campbell.

2 - É normal resistir


Nenhum protagonista de sua história aceita o chamado logo de primeira. Luke Skywalker se recusou sair de Tatooine quando Obi-Wan Kenobi o chamou para salvar a princesa Leia pois argumentou que havia muito trabalho para fazer na fazenda de seus tios. Do mesmo jeito, é muito comum o empreendedor ficar preso a pensamentos como "isso é bobagem", "de tantas pessoas no mundo, porque logo eu?" ou "isso nunca daria certo" até aceitar seu chamado.

Muitas vezes, é preciso um "empurrãozinho" da vida para tomar uma atitude mais corajosa. Assim como Luke precisou chorar o assassinato dos tios para sair de seu planeta natal, é muitas vezes uma demissão, alguma doença ou alguma impossibilidade de seguir em seu lugar comum que desperta a atitude empreendedora. Por isso, quão mais aberta e mais confiante for a mente do empreendedor e quanto mais você aceitar que tem capacidade infinita de realização, menos traumática será sua virada de carreira.

3 - Você precisa de um mentor


Quando Katniss Everdeen foi tirada do Distrito 12 para participar dos Jogos Vorazes, ela não tinha noção nenhuma de como seguir em frente para sobreviver. Foi quando entrou na história seu mentor, Haymitch, um antigo vencedor dos jogos que servirá como guia para a protagonista.

No mundo do empreendedorismo, as pessoas muitas vezes não investem em suas boas ideias pois não sabem por onde começar, como seguir e não sabem quando estarão prontas para iniciar seu novo negócio. É por isso é necessário um guia para essa ajuda. Essa pessoa pode ser desde um familiar, um professor ou consultor do Sebrae que conheça o ramo onde você quer investir, mas acima de tudo, alguém que lhe ajude com sua estabilidade emocional quando os problemas começarem a surgir e saiba ponderar em momentos críticos, quando você precisar de ajuda.

4 - Aprenda como funciona o novo mundo


Antes de se tornar o vigilante de Gothan, Bruce Wayne rodou todo o mundo todo para aprender o máximo de habilidades que o ajudariam no combate aos criminosos: artes marciais, química, teatro, técnicas de fuga e tantas outras. Após isso, o personagem nunca parou de aprimorar suas técnicas, conferindo ao Batman o título de um dos maiores super-heróis de todos os tempos, mesmos não tendo super-poder algum.

Por isso, antes, durante e após iniciar seus investimentos, o empreendedor nunca deve deixar de estudar seu produto, seu público-alvo, as formas de vender e as maneiras de comunicar-se com seus clientes para nunca deixar de inovar e assim melhorar seu negócio e se destacar no mercado em atua.

5 - Aliados são fundamentais


Bentinho havia se apaixonado por Capitu e não queria mais estudar no seminário, mas não tinha ferramenta emocional para explicar para a mãe que o sonho dela não era mais o dele. Foi quando a própria Capitu começa a se aproximar da mãe do garoto para facilitar o retorno de seu amado.

No mundo empresarial, você não poderá fazer tudo sozinho. É difícil de aceitar, mas ninguém é auto-suficiente ou tem tempo para dominar todas as técnicas necessárias para alavancar seu negócio até o topo sem a ajuda de ninguém. É nesse ponto que você precisa criar relacionamentos com pessoas habilidosas e tão motivadas quanto você para auxilia-lo.

Seu parceiro pode ser um funcionário, um free-lancer, um fornecedor ou até mesmo seu concorrente. A parceria ideal é aquela em que ambos ganham, por isso seja sempre sincero com seu aliado.

6 - Você vai passar por muitas provações


Quem assistiu as aventuras d'Os Cavaleiros do Zodíaco sabem quantas vezes eles foram derrotados e quantas vezes eles caíram aos pés dos inimigos. O diferencial de Seiya e os outros frente aos seus adversário foi sempre se adaptar ao novo cenário, se levantar novamente e não desistir, independente do quão impossível pudesse parecer o novo desafio.

Do mesmo jeito funciona no mundo do empreendedorismo. O seu negócio vai, várias e várias vezes, passar por provações que muitas vezes parecerão impossíveis de serem vencidas: um novo concorrente, um produto que substitui o seu, um investimento errado na hora errada ou uma decisão que coloca em cheque o que você faz. O importante é não desistir, saber se adaptar, mudar quando necessário e seguir em frente cada vez que a coisa parecer mais difícil.

7 - Nunca esqueça suas origens


Simba não teve outra alternativa a não ser sair da Pedra do Rei quando seu pai foi assassinado, mas voltou para salvar seu reino quando alcançou a maturidade, os aliados e a força necessária enfrentar seu tio usurpador do trono. Ele conquistou e levou seu elixir para suas origens.

Muitas vezes o empreendedor entra no modo automático e esquece que, muitas vezes, desejou a independência financeira apenas para passar mais tempo com seus familiares ou ter uma qualidade de vida melhor e cai na armadilha de criar e alimentar um novo mundo comum.

Se não fosse Nala e Rafiki lembrar a Simba dos valores que eram importante para ele, possivelmente ele teria passado a vida toda longe de quem ele mais amava. Por isso, ao investir em um novo negócio, você sai de um cenário para entrar em outro, mas nunca deve se esquecer qual foi o seu impulso inicial, quem foram as pessoas e o porquê de você ter iniciado seu negócio.

8 - No final tudo acaba bem


Calma, calma. Eu sei quem em vários dos livros e filmes usados para ilustrar a matéria, nem todo final é como o de um conto de fadas. Independente disso, nenhum deles tem um final trágico, todos os protagonistas que seguiram a jornada do herói evoluíram como personagens e alcançaram o elixir no final: seja a derrota de Voldmort, a liberdade dos 13 distritos, a destruição do anel ou a paz na Terra.

O fato é que a jornada pode trazer algumas perdas, mas o sucesso é sempre o destino final. Se você ainda não alcançou seu elixir, é porque a sua jornada pessoal ainda não acabou e você ainda precisa de mais conselhos do seu mentor, mais aprendizado, mais parceiros e ainda tem muitas provações pela frente.

Apenas não se esqueça da sua motivação inicial pois, muitas vezes, você já conseguiu seu elixir várias vezes durante a sua jornada!

O monomito de Joseph Campbell ainda tem muitas outras etapas que descrevem a jornada do heroi e que podem auxiliar na jornada pessoal de todos. Além da leitura original, recomendo também o documentário "O Poder do Mito" e o livro com a adaptação da produção para aprender mais sobre o assunto. Enquanto isso, descreva nos comentários em qual fase de sua jornada você está e se muitas vezes você também se sente como um protagonista de histórias fantásticas!

#teoriadomonomito #JosephCampbell #SaintSeiya #batman #jogosvorazes #harrypotter #domcasmurro #literatura #cinema #oreileão #disney #empreendedor #empreendedorismo #businness #publicitário

0 visualização